VGM - Terminal

O novo ajuste SOLAS (parágrafo 5 do PDF de worldshiping.org) requer que Shippers submetam o VGM “para o armador ou seu representante e para o representante no Terminal suficientemente anterior como solicitado pelo armador ou seu representante, para ser usado na preparação do plano de estivagem do navio".

Regulamento do parágrafo 6 do mesmo (PDF de worldshiping.org) declara que ‘’se o documento de embarque em relação a um contêiner, não conter a massa bruta verificada (VGM) e o armador ou seu representante e o representante do Terminal não obter a massa bruta verificada do contêiner, o mesmo pode não ser carregado ao navio."

Esses parágrafos firmam uma responsabilidade conjunta entre o Carrier e o Operador Terminal para assegurar que como uma condição para carregar um contêiner estufado em um navio, o VGM para tal contêiner deve estar disponível.

Notando que o manuseio de VGM pode variar, é essencial que esse tópico tenha uma comunicação eficiente entre as partes relacionadas. Nós listamos abaixo as mensagens de comunicação preferêncial de VGM, com ênfase na atividade de movimentação (evento) onde esses podem ser usados:

  • Pre-arrival notice do carrier para o terminal antes do Gate-in
    COPARN ou ANSI.301
  • Load list do carrier para o terminal
    COPRAR
  • Confirmação de Gate-in do terminal para o carrier
    CODECO ou ANSI.322
  • troca de VGM entre Terminal e Carrier
    mensagem VERMAS
  • Load confirmation do terminal para o carrier
    COARRI ou ANSI.322
  • Plano de Estivagem do terminal para os planejadores de estiva da Hapag-Lloyd e para o navio
    BAPLIE como única possível versão

Considere os seguintes links e PDF´s em www.worldshipping.org:

VGM: Terminal EDI communication (EDIFACT messages) 

VGM: Terminal EDI communication (ANSI messages)

VGM resources

See the following PDF files and links on worldshipping.org

Brochures and letters

EDI resources

For further information, please visit the following links on the SMGD Webpage.

Back to Top